O cálculo do resultado é feito, a partir da média ponderada dos pesos dos tipos de avaliadores da avaliação e das competências e seções.


Veja como configurar os pesos nos tutoriais abaixo:


Primeiro, é feita a média ponderada dos comportamentos de cada competência, se houver. 

Em seguida, é feita a média ponderada das competências de cada seção. 

Por fim, é feita a média ponderada das seções.


Por exemplo, a analista de RH configurou uma avaliação com duas seções. Sendo cada uma delas com duas competências. Cada competência tem dois comportamentos. Seguem os detalhes de cada item:


SeçãoPeso da SeçãoCompetênciaPeso da CompetênciaComportamento
Competências Organizacionais1Comunicação2Comunica-se bem em reuniões de trabalho
Competências Organizacionais
1Comunicação
2Ouve e entende o que é solicitado
Competências Organizacionais
1Trabalho em Equipe1

Desenvolve uma boa relação produtiva com os colegas de sua equipe e de outros departamentos.

Competências Organizacionais
1Trabalho em Equipe1

Reconhece o trabalho dos colegas.

Competências Técnicas
2

Resolução de conflitos

1

Avalia as informações disponíveis antes de resolver desentendimentos.

Competências Técnicas
2

Resolução de conflitos

1

Enfrenta os desentendimentos e críticas com paciência e educação.

Competências Técnicas
2

Capacidade analítica

2

Consegue segmentar, agrupar e filtrar dados para realizar análises profundas.

Competências Técnicas
2

Capacidade analítica

2

Identifica padrões de dados em planilhas e relatórios e gera novos conhecimentos.


João é avaliado por Maria (Gestora), José (Par), Carlos (Par), Eduardo (Liderado), Mônica (Cliente). Seguem as avaliações de cada avaliador:



Observando a imagem acima, vemos 4 médias. Seguem os detalhes de cálculo de cada uma.


EQ1 (Para o primeiro comportamento) = (1*5 + 3*4 + 2*Média(4, 5) + 1*4 + 1 * 5)/Soma (1, 3, 2, 1, 1)

EQ2 (Para a competência Comunicação) = Média (4.4, 3.8)

EQ3 = (2*4.1 + 1*3.7)/SOMA(2, 1)

EQ4 = (1*3.5 + 2*3.4)/SOMA(1, 2)


Lembrando que caso não haja algum tipo de avaliador, a nota desse tipo será desconsiderada na média ponderada. Ou seja, a média só será realizada com as pontuações existente. 

Por exemplo, caso não tivesse cliente na EQ1, o cálculo seria assim:


EQ1 (Para o primeiro comportamento) = (1*5 + 3*4 + 2*Média(4, 5) + 1*4)/Soma (1, 3, 2, 1)


Caso não haja comportamentos, ou seja, a competência é avaliada diretamente na descrição, a média da competência é feita de forma ponderada semelhante ao feito na EQ1.

Veja um exemplo na figura abaixo:



Com isso, EQ2 ficaria assim:

EQ2 = (1*5 + 3*4 + 2*Média(4, 5) + 1*4 + 1*5)/Soma (1, 3, 2, 1, 1)